Cotagem Relativa

São elementos usados principalmente em plantas de formas, estando disponíveis tanto no editor gráfico AGC quando no TQS-Formas. Trata-se de cotagens de abscissas ou ordenadas de posições em relação a um ponto de referência em planta:

16ee86d77808c511c8c1f294b22c27c9.png

Os comandos para inserção de cotagens relativas são estes:

CritériosCritérios de visualização de cotagens relativas.
Cota relativa XInsere cota com abscissa X.
Cota relativa YInsere cota com ordenada Y.
Cota sobre linhaInsere cota usando linha como referência.
Definir origemDefinir a origem de cotagem relativa.
Mostrar origemMostrar a origem atual de cotagem relativa.

Cotagens relativas se comportam como objetos gráficos completos, isto é, o símbolo e o texto de cotagem são atualizados automaticamente com a posição relativa no desenho, e reagem juntos aos comandos do editor básico, como "Copiar", "Mover", "Apagar", "Desfazer", etc.

Critérios de Cotagem Relativa

Os critérios de cotagem são editados nesta janela:

73ecc1f265c8a35de4c1319103053ef7.png

Estes critérios vêm do arquivo COTREL.DAT, localizado na raiz do edifício, e que pode ser editado no gerenciador através do menu "Edifício, Critérios Gerais, Cotas Relativas":

Uma vez que uma cotagem relativa é criada no desenho, seus critérios permanecem constantes mesmo que o arquivo COTREL.DAT seja editado. Para editar os critérios de uma cota relativa, basta chamar o comando "Alterar" do EAG e selecionar uma cota, ou dar um duplo clique em cima da cota relativa.

Exemplo de novo símbolo de cotagem

O nome padrão para o símbolo de cotagem é $COTREL.DWG. Se o editor não achar o símbolo, cria um novo padrão. Este arquivo de desenho é procurado nos seguintes locais, nesta ordem:

  • Pasta atual
  • Raiz do edifício
  • Suporte do TQS-Formas (TQSW\SUPORTE\FORMAS)
  • Pasta padrão de blocos e subpastas (TQSW\SUPORTE\BLOCOS)

Eis o exemplo de um novo símbolo:

b12b6c5f2c8005ee68582ed3837f1e8d.png

Símbolos de cotagem relativa tem a base de inserção no (0,0) coincidente com o ponto de inserção do cursor. Um texto iniciado com "%" deve ser definido para indicar a posição do texto calculada com a ordenada ou abscissa do local de inserção. O símbolo deve ter a direção da cotagem de ordenadas Y.

Inserção de Cotas Relativas

Cotas relativas podem ser inseridas em relação ao eixo X, Y ou uma linha arbitrária. O meio mais fácil de definir é sobre uma linha. Não importa a direção da linha, a cotagem é sempre relativa a um eixo global definido, que por padrão tem origem nas coordenadas (0,0) e ângulo de rotação 0. Veja o exemplo:

13e91781ee4fcfd0228af24066960e92.png

Comando:: "Cota sobre linha"

Localize a linha: <B1> no PT1

Comando:: "Cota sobre linha"

Localize a linha: <B1> no PT2

Controlando a Origem

O sistema de cotagem relativa permite a definição de um único sistema de coordenadas, em qualquer posição e ângulo. Por padrão, ele inicia com coordenadas (0,0) e ângulo 0. O sistema de coordenadas atual é armazenado junto com cada desenho e recuperado em edições posteriores.

Para mostrar o sistema de coordenadas atual, chame o comando "Cot.Rel, Mostrar origem":

ca1cdadfc7ecce96f71e843704d37aa3.png

O editor mostrará temporariamente a posição da origem. Você deve definir uma origem e ângulo de rotação através do comando "Cot.Rel, Definir origem", antes de realizar qualquer cotagem relativa no desenho. Você pode ainda mover a origem de coordenadas depois de definidas as cotagens, mas se alterar o ângulo de rotação tornará todas as cotagens inválidas. Os valores das cotagens relativas são atualizados automaticamente se a origem for movida.